Aparecidense promete recorrer ao Pleno do STJD até a próxima quinta-feira

O clube goiano argumenta que a desclassificação da denúncia no artigo 243-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (atuar de forma contrária à ética desportiva, com o fim de influenciar o resultado de partida, prova ou equivalente) para o artigo 205 (impedir o prosseguimento da partida, prova ou equivalente que estiver disputando, por insuficiência numérica intencional de seus atletas ou por qualquer outra forma) prejudicou a defesa do clube.
“Não houve interrupção da partida. Também não fomos notificados desta desclassificação para o artigo 205 e não tivemos como preparar a nossa defesa”, afirmou Wilson Queiroz, que acredita na agilidade do pleno do STJD para julgar o recurso do Aparecidense. “Até mesmo porque, existe uma vontade de evitar que a Série D seja paralisada. A situação seria muito ruim para o futebol brasileiro, principalmente por causa das datas para as partidas”, ressaltou o dirigente do clube goiano.
Leia mais: Aparecidense promete recorrer ao Pleno do STJD até a próxima quinta-feira | JORNAL O TEMPO

Assuntos de Goiás TV

Destaque

Walter sinaliza com redução salarial, e Vila Nova vai em busca de parceiros

Após reunião, presidente do Tigre diz que atacante aceitou receber menos para jogar no clube. Mesmo assim, diretoria precisa de invest...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Loading...

Seguidores