Catuaba, a bebida do Carnaval, tem cheiro de cocô seco, diz sommelière

"Comida" convidou a sommelière e colunista de vinhos da Folha, Alexandra Corvo, a encher sua taça de duas marcas de catuaba –bebida tão popular nas festas de São Paulo que não foi fácil encontrá-la nas prateleiras dos mercados.

"É fácil de beber, suculenta, docinha e acidinha. Obviamente não é um produto para ser degustado até porque no nariz você sente, essencialmente, cheiro de cocô seco, de terra seca, de mofo", disse.

"Depois que a gente engole, sente os químicos. O retrogosto [aquele que fica na boca depois de beber] tem cheiro de ovo meio podre, que vem desses químicos pesados, dos sulfitos e conservantes."

Assuntos de Goiás TV

Destaque

Walter sinaliza com redução salarial, e Vila Nova vai em busca de parceiros

Após reunião, presidente do Tigre diz que atacante aceitou receber menos para jogar no clube. Mesmo assim, diretoria precisa de invest...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Loading...

Seguidores