Catuaba, a bebida do Carnaval, tem cheiro de cocô seco, diz sommelière

"Comida" convidou a sommelière e colunista de vinhos da Folha, Alexandra Corvo, a encher sua taça de duas marcas de catuaba –bebida tão popular nas festas de São Paulo que não foi fácil encontrá-la nas prateleiras dos mercados.

"É fácil de beber, suculenta, docinha e acidinha. Obviamente não é um produto para ser degustado até porque no nariz você sente, essencialmente, cheiro de cocô seco, de terra seca, de mofo", disse.

"Depois que a gente engole, sente os químicos. O retrogosto [aquele que fica na boca depois de beber] tem cheiro de ovo meio podre, que vem desses químicos pesados, dos sulfitos e conservantes."

Assuntos de Goiás TV

Destaque

Natal Solidário do Papai Noel Azul - Ética, Educação e Solidariedade para o Bem do Brasil

Estamos passando por um momento difícil no campo pessoal, mas em breve vamos retomar a ajuda na organização deste singelo evento. As bikes j...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Loading...

Seguidores