Jovens góticos enfrentam chuva e neblina para fugir do Carnaval

A proposta dos jovens participantes foi similar a dos amantes da folia carnavalesca: socializar, se descontrair e beber madrugada adentro. Mas o ambiente gótico pouco pode lembrar os blocos e desfiles.

Não há rituais. Quase todos se vestem de preto, usam botas de plataforma, maquiagens pesadas e coleiras pontiagudas.


Destaque

Vila Nova perde vários jogadores e passa por reformulação no elenco

Tigre muda também a comissão técnica e a diretoria

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Seguidores