Em 2012, Sérgio Cabral escapou de explicar relações com Cachoeira e Cavendish em CPI | @Reinaldo_Cruz – Assuntos de Goiás – Questão Brasil

Em votação no dia 30 de maio de 2012, o então governador Sérgio Cabral, amigo de Cavendish, escapou de dar esclarecimentos sobre denúncias de seu envolvimento com ele e com Carlinhos Cachoeira na CPMI Vegas. 

Os governadores petista Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, e o tucano Marconi Perillo, de Goiás, contudo, foram convocados para prestar depoimento na comissão. 

 O requerimento da convocação de Cabral, de autoria do deputado Rubens Bueno (PPS/PR), acabou sendo rejeitado por 17 votos a 11. 

A comissão tinha como objetivo investigar práticas criminosas de Carlinhos Cachoeira, desvendadas pelas operações "Vegas" e "Monte Carlo" da Polícia Federal.
 

Assuntos de Goiás TV

Destaque

Walter sinaliza com redução salarial, e Vila Nova vai em busca de parceiros

Após reunião, presidente do Tigre diz que atacante aceitou receber menos para jogar no clube. Mesmo assim, diretoria precisa de invest...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Loading...

Seguidores