Depois de 65 dias finalmente os servidores da saúde do estado põe fim a greve

Depois de mais de dois meses de paralisação, os servidores estaduais da Saúde decidiram suspender a greve, na quarta-feira (23), durante assembleia em Goiânia. 

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde de Goiás (Sindsaúde), a decisão foi tomada depois que as secretarias de Gestão e Planejamento (Segplan) e de Saúde (SES) emitiram um ofício atendendo às reivindicações do movimento grevista.



De acordo com o sindicato, no documento o governo estadual garante a manutenção de uma lei de 2003, que assegura a gratificação por produtividade aos trabalhadores, o que representa, em média, conforme o Sindsaúde, R$ 10 milhões na folha de pagamento. 

O ofício também atendeu o pedido dos servidores da realização de um seminário para discutir os critérios de avaliação para concessão destas gratificações.


Destaque

Após 60 dias de jejum em casa, Avaí bate Vila Nova e entra no G4 da Série B

Vila Nova perde primeiro jogo do segundo turno. O Vila Nova começou mal a segunda metade do Brasileirão Série B. O time goiano foi derrota...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Seguidores