Seca Vilanovense em Goiânia continua: Londrina tira dois pontos e a vice liderança do Tigrão

Há exatos 60 dias sem vencer em Goiânia, o Vila Nova tropeçou mais uma vez jogando no Serra Dourada, depois de um primeiro tempo consistente em que a defesa colorada sobressaiu sobre o ataque paranaense, no segundo tempo foi o Tubarão que nadou de braçada no cerrado. Os mais otimistas classificam o resultado como sendo bom, já que o time de Hemerson Maria se mantém no G-4, mas um olhar mais aguçado verifica que os seguidos empates vai permitindo que a turma de baixo da tabela volte a sonhar.
No campeonato em que a vitória vale três pontos, somar apenas um jogando em casa tem um dissabor preocupante, ainda mais se for levado em conta o número de jogos que restam na competição. O Londrina veio disposto a arrebatar pelo menos um ponto e conseguiu atingir o propósito enquanto o treinador Sérgio Soares implanta sua filosofia de trabalho no clube.

Pressão pouca é bobagem: Tigrão não vence a seis jogos e o Dragão a quatro

Clássico estadual e times querendo se livrar de um jejum de vitórias. O jogo entre Vila Nova e Atlético-GO movimenta o Serra Dourada. No embalo da Copa na Rússia e às vésperas da estreia da seleção brasileira, Vila Nova e Atlético se enfrentam no clássico goiano da pressão

Vila Nova perde jogo, invencibilidade e a liderança do Grupo B em pleno Serra Dourada



O Vila Nova teve um prejuízo triplo nesta rodada do Goianão, perdeu a partida por sonoros 3 a 1, viu a sua invencibilidade no ano ir para o ralo e ainda despencou da liderança do grupo B caindo para terceiro. Não é um absurdo a derrota para Aparecidense, mas esta longe de ser um resultado normal em se tratando de campeonato goiano.

O resultado realçou as muitas deficiências que tem o Tigrão que completou o quinto jogo sem triunfo, pior, em todas as partidas o Colorado tomou gols e teve que correr atrás do adversário para arrancar empates vistos como heroicos, contra a Aparecidense não deu. Outro dia o Nonato disse que o Camaleão é a segunda força do futebol goiano, foi contestado, e dentro de campo demonstrou que a história caminha para ser bem assim mesmo.

Com Hemerson Maria, Vila Nova não sabe o que é perder para o Goiás

Jogo de poucas finalizações, mas longe de ser uma partida em que tenha faltado emoção. Só o torcedor Colorado pode ver in loco a disputa entre Vila Nova e Goiás. Só o torcedor do Vila Nova pode vaiar o adversário ou aplaudir o seu time, tentou mas nem de longe fez a diferença que se espera para uma torcida que se intitula a maior do Centro-Oeste do Brasil. O técnico Hemerson Maria aos poucos vai recuperando a auto=estima do torcedor do Vila, afinal de contas o treinador não conhece o dissabor de uma derrota para rival desde que chegou a Goiânia, fato que por si só representa muito para uma torcida que passou muito tempo entrando em campo já derrotada, seja pela falta de organização do clube ou pelo amadorismo de seus dirigentes. Certo é que o Vila Nova esta diferente, mais confiante quando enfrenta o Goiás, mas se o Vila Nova de fato mudou é o tempo quem vai dizer, mas a primeira impressão do ponto de vista do trabalho do treinador mais tático dodo país, indica que sim. No Goiás a situação é inversa, tido como uma equipe organizada, rica e que desde sempre entrava em campo como a grande favorita para conquistar o campeonato goiano, ainda busca afirmação dentro de campo. O Goiás vem nos últimos anos perdendo o respeito de seus adversários por não ter um elenco de jogadores comprometidos, o que dá a imprensa o direito de não enxergar mais no Esmeraldino o mesmo favoritismo que lhe foi atribuído outrora. Estaria a supremacia do futebol goiano mudando de mãos e de cor?

Prata da casa deve ganhar nova oportunidade no time de Hemerson Maria

O treinador é cobrado por não dar oportunidade aos pratas da casa, é bom que se diga que Batata esta envolvido juntamente com o atacante Philipe em uma negociação para o futebol Suíço, operação intermediada pelo ex-ídolo do Goiás, Alex Dias. O prata da casa quer aproveitar cada oportunidade, para ganhar ainda mais destaque.

Volante Batata deve ganhar nova oportunidade no time titular do Vila Nova
30 de Janeiro de 2018. O treinador do Vila Nova, Hemerson Maria, deverá poupar alguns jogadores que estão sendo titulares no jogo de amanhã (31), contra  a equipe do Rio Verde, no Estádio Mozart Veloso do Carmo.

O volante Fagner, deixou o jogo contra o Atlético, sentido dores na perna, com isto o jogador deve ser um dos poupados, abrindo  vaga para o garoto Batata, titular na estreia do Campeonato Goiano, contra o Iporá. A partir da segunda rodada Batata foi substituído pelo próprio Fagner, jogador segue treinando muito bem e agradando a cada dia o treinador Hemerson Maria.

O rei dos clássicos! Vila Nova 2 x 1 Atlético


Ainda não encheu os olhos do torcedor colorado, mas ao vencer dois clássicos o Tigrão ganha confiança suficiente para se impôr diante de qualquer adversário. Hemerson Maria que tem como principal qualidade armar taticamente suas equipes para não tomar gols, contra o Atlético surpreendeu ao colocar o Vila Nova para propor o jogo, fazendo marcação alta e não dando a menor chance para o Dragão reagir na partida e no campeonato.

Assuntos de Goiás TV

Destaque

Seca Vilanovense em Goiânia continua: Londrina tira dois pontos e a vice liderança do Tigrão

Há exatos 60 dias sem vencer em Goiânia, o Vila Nova tropeçou mais uma vez jogando no Serra Dourada, depois de um primeiro tempo consistent...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Loading...

Seguidores