Depois de uma experiência mal sucedida como cartola do Vila Nova, Roni vira 'empresário da bola' e sua "joia" é Érik do Goiás

Assessorando, atualmente, a carreira de 11 atletas, entre eles o zagueiro Ernando (do Internacional) e o atacante Érik, eleito a revelação do Campeonato Brasileiro de 2014 com a camisa do Goiás, Roni quis expandir sua 'cartilha' para além dos jogadores. O lado empresarial falou mais alto e a compra de mandos de campo pareceu uma boa estratégia. Neste ano já foram quatro: ASA x Palmeiras, Ponte Preta x Palmeiras, Cruzeiro x Corinthians, Vasco x Flamengo.

Dono de uma agencia de consultoria esportiva que leva seu nome, fundada em 2012 - mesmo ano em que deixou os gramados com a camisa da Anapolina -, Roni divide a gerência do negócio com um amigo e parece se empenhar no novo projeto de vida assim como fazia para se livrar da marcação com frieza e definir a gol com precisão, característica inerente a um bom goleador - que neste caso, não liga muito para números. Afirma não saber quantos gols fez.
Há 18 anos no futebol, Roni vira 'empresário da bola' e se desafia no mercado - ESPN.com.br


Assuntos de Goiás TV

Destaque

Walter sinaliza com redução salarial, e Vila Nova vai em busca de parceiros

Após reunião, presidente do Tigre diz que atacante aceitou receber menos para jogar no clube. Mesmo assim, diretoria precisa de invest...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Loading...

Seguidores