Letras e Canetas |: Curso de português para refugiados

Um convênio entre uma universidade do sul de Minas com a prefeitura de São Paulo vai permitir que, ao menos, 200 imigrantes e refugiados aprendam a língua portuguesa e a cultura do Brasil, em 2016.

 Quase 400 mil imigrantes estão na maior cidade do país, e para tentar facilitar a vida para essa população, pela primeira vez, São Paulo promove esse tipo de parceria, por meio de um programa do governo federal, conhecido como Pronatec.

Destaque

Após 60 dias de jejum em casa, Avaí bate Vila Nova e entra no G4 da Série B

Vila Nova perde primeiro jogo do segundo turno. O Vila Nova começou mal a segunda metade do Brasileirão Série B. O time goiano foi derrota...

Arquivo do blog

Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Seguidores